quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Ensaio



...queria te falar do tempo,
Que para mim
Corre tão estranho
E me faz estranhar
Quase tudo...
Ele passou aqui!... Eu não senti...
O espanto é certo...
As pessoas. Suas roupas. Suas vozes...
Certas coisas não me convencem.
Ao menos, já sei que temer
É uma forma despretensiosa
de acreditar.
E acreditar é involuntário...
Quase esqueço o cheiro
Que tem as lembranças. Sempre!
Isso o tempo não mudou...
...queria te dizer que...
És como o tempo sobre mim
Reinas. Transformas. E passas...

                                                                            Aline Monteiro

“Se ela te fala assim, com tantos rodeios,
É pra te seduzir e te
Ver buscando o sentido daquilo
Que você ouviria displicentemente.
Se ela te fosse direta, você a rejeitaria”
(Sentimental – Los Hermanos)

5 comentários:

Thiago Soeiro disse...

...Querias te dizer... Que tu é foda. Agora deixa de ensaio e vai logo dizer o que o coração pede. Beijos

Aline Monteiro disse...

é que eu tenho vergonha... srrr

Camila Ramos disse...

O tempo é o fator determinante das mudanças na nossa vida. Ele consome e acrescenta. ELe passa, nós também.

Alex Rodrigues disse...

Esperanças não desesperam com o tempo, a menos que não mais possamos esperar no tempo desesperançado. Tempo esgotado.

Janete Lacerda disse...

Tudo passa, muda, transforma-se em algo melhor...