segunda-feira, 13 de junho de 2011


E aquele choro mais uma vez
Se espalhou pelo teu rosto cansado...
Teu riso contido insiste em
Morar em tua face
Não sei ao certo, não sei
Se é um riso contido
Ou um riso que não existe mais
Porque acabou?
Não é a verdade o que me cobras?
Então qual é a tua verdade?
O que sonhas
Ainda sonha?
Sei que mentes
Mas não sei o quê...

                                                      Aline Monteiro

Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa
Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois...
(Oração – A banda mais bonita da cidade)

6 comentários:

Cris disse...

Cris Barros diz:
sabes
pq ela mente?
Aline Monteiro diz:
pq
Cris Barros diz:
talvez pra manter acessa
a luz da esperança
pq se tem que se driblar a tristeza
já que viver é certo
a talvez seja realmente a morta
morte**
a ciência mais exata.

Aline Monteiro disse...

comentário criativo...srrsr
soh podia ser ela...

Amor cafona disse...

Gostei Aline, Você é uma poeta sem dúvidas e não dúvide disse. Um beijo

Aline Monteiro disse...

obrigada!
vc ta me convencendo...srs
bjs

breno disse...

lindo poema, Aline ta transbordando criatividade rsrsr ... o nome da musica da pitty é comum de 2.

Aline Monteiro disse...

assisti ontem no altas horas na sky.(reprise)