segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Causa perdida





Perder-se
É encontrar-se.
Dançar sem coreografia.
Perder a timidez por
Horas e horas e
Deixar que a música
no teu ouvido
Te ensaie...
Ouvir a melodia
de dentro para fora.
Perder-se é ouvir teu arrepio...
É ficar de cara
Com o espanto,
É gostar dele...
Perder-se é
Trocar os passos.
Propositadamente
Errar o caminho,
Perder-se é fuga!
É encontro ao acaso,
Desencontro marcado,
Partida...
Sem despedida.
Perder-se
É ganhar equilíbrio,
Transpirar emoções,
não medir sorriso,
reparar sorrisos...
Perder-se é
Não saber cair,
Saber deitar...
Ir embora.
Perder-se é
Tirar a roupa,
Se despir do obvio.
Desapego...
É silêncio (de dias contados)
Fim marcado.

Perder é ganhar...

                                                      Aline Monteiro


"Todo momento de achar é um perder-se a si próprio"
(Clarice Lispector - A paixão segundo G. H.)

5 comentários:

HelianaB disse...

eu quero perder. boa citação, bom poema próprio... adorei tudo...mas gostei da hora de deixar que a musica te ensaie.

abraaaço.

Cris disse...

ulaláaa
Vejo que essa moça "despeitada e feinha" anda agora a procurar uma causa perdida... rum o que posso dizer sobre isso? Bem acho que é hora de ficar sorrindo na janela e esperar que ela se perca em sua própria causa. Que seja feliz com o que ela encontrar... assim como eu fui quando eu a descobri.

Amor cafona disse...

Eu também quero me perde. :D
Lindo como tudo o que tu escreve.

Eliakim - www.geoabrangencia.blogspot.com disse...

Talvez perder-se seja encontrar-se
Talvez realmente perder-se seja fuga
Inconstância, mas pode ser bem verdade que tudo o que perdemos arranja sempre uma maneira de voltar pra gente ...

Amor cafona disse...

"Se eu me perdi te ti é porque tu já havia te perdido de mim e eu espero não mais de encontrar". #AmorCafona