terça-feira, 29 de junho de 2010

Pó de Giz


Toca o sinal.
A sala em segundos se esvazia.
o silêncio enfim se deita sobre as mesas e cadeiras
Tristes e também vazias.

Enquanto isso, o pó de giz passeia
Vagarosamente pelo ar.
Inevitavelmente ele encontrará
O chão sujo e depredado.

Em pouco tempo o pó de giz
Irá se misturar à sujeira e
Perderá sua cor e leveza.

O dia se renova, ele sempre se reinventa.
E eu continuo a observar a mesma sala,
o memso vazio, a mesma tristeza...

Aline Monteiro

4 comentários:

Cris disse...

olhaaaa... o blog da feinha, tá mais feinho,tem uma imagem feinha e tdo feinho meismo.
ekaaa
rsrsrs

Aline Monteiro disse...

só pq julho é feio tdo é feio é?
srsrsrss

Cris disse...

Julho... o que têm em julho, nem sei mesmo...hummm deixa eu pensar...tic tac tic tac... AHHHHHHH já sei! Julho is blue, is beautiful, is the day of the friend,is hot... IS MY BIRTHDAY!!! Como eu poderia esquecer que a união desses elementos surgiu: EU!

Em Julho tdo é bonito meismo.

Bonequinha de Porcelana disse...

Minha cara Aline Monteiro, nem sei se você chegará a ler este comentário, mas de qualquer forma, eu não poderia deixar de expressar aqui a grande admiração que sinto por você.
Apesar de nunca ter te conhecido pessoalmente, eu a admiro muito e gostaria de dizer que o Amapá deveria incentivar pessoas como você...
Seus textos me passam emoções, sejam elas boas ou ruins. Ao ler o que você escreve, chego a derramar algumas lágrimas; não sei por que, mas de alguma forma, me identifico com o que você posta em seu blog.
Não sei se você me conhece de algum lugar, mas sei que você é minha seguidora no blog.
Nem sei se algum dia você já leu algum de meus textos; temos estilos bem diferentes, isto é fato.
Sinto-me honrada em tê-la em meu blog e espero um dia poder encontrá-le a quem sabe até pedir um autógrafo.
Serei acadêmica do Curso de Letras na UNIFAP, a partir de agosto e gostaria muito de poder conhecê-la.
Enfim, quero dizer que você é muito boa no que faz... Suas palavras são lindas.
Você merece palmas e ovações, honestamente.

Humildemente, Raylane Cristina