sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Retrovisor




O que tenho a te oferecer
Vai além do que
Consegues ver.
É um poema novo,
Sem memória
E previsões.
Perto de ti
Nada me parece igual,
Nada se repete
Por isso as palavras
Me faltam
E me deixam
De cara contigo...
O que tenho a te oferecer
Vai além de tudo o que me falta,
Vai além do que
Consegues ver
pelo retrovisor...

                                                                              Aline Monteiro



“...pois tudo que ofereço é
Meu calor, meu endereço...”

(Amor meu grande amor – Barão Vermelho)

2 comentários:

Amor cafona disse...

liiiiiiiiiiiiindoooooo

Genny LiMo disse...

Sublime, eu diria! ^^

Bom fim de semana.